quinta-feira, 17 de novembro de 2005

Social & Moda - Paris Hilton veste criações de Carlos Miele

Paris Hilton, 24 anos, não tem muito tempo livre. Aliás, quase tempo nenhum. Sempre no foco de repórteres e fotógrafos, Paris encara tudo com muita naturalidade e não se cansa de criar e assumir novos projetos. Em meio a tudo isso, no mês passado ela esteve no Brasil por poucos dias e entre entrevistas e paparicos, lançou seu perfume. De tudo o que foi comentado e publicado me interessei especialmente pela exigência da bela jovem por usar vestidos do fashion-designer brasileiro de maior sucesso internacional da atualidade, Carlos Miele. Miele, que no passado, por causa das críticas no Brasil, declarou ter chegado a pensar em deixar a moda, hoje vive uma realidade digna de seu talento: possui várias lojas, especialmente a loja gigantesca em Nova York, decorada pelo arquiteto Hani Rashid. E veste mulheres conhecidas internacionalmente, como a Paris Hilton, que é mais que uma rica herdeira. Pode ter escorregado aqui, ali, mas quem nunca escorregou na vida, ainda mais aos 24 anos? Sem falar que com essa onda de funk com tanto apelo sexual que está começando, o que ela faz de "exagerado" não será sequer citado. Ela é linda, feminina e usa vestidos Carlos Miele. Para mim, Paris tem muito charme. Seu charme está longe de ser dinheiro, e os vestidos Miele completam toda a atmosfera, porque ele é um craque. Para quem viu (pela televisão) a Paris Hilton posar para os fotógrafos aqui no Brasil, está convencido de que seu maior charme é o sorriso. E é aí que está um bom exemplo que podemos tirar da jovem. As pessoas, em geral, reclamam das inevitáveis adversidades da vida, mas, esquecem que o sorriso é uma atitude necessária não só para atrair olhares que gostam da beleza, mas para expressar sempre um espírito superior, de quem é capaz de lidar com os tropeços da vida e com o que vier. Ninguém admira rostos fechados e sombrios. O sorriso é uma atitude fascinante e poucas são as pessoas que têm a virtude do sorriso natural. Mas, até para os casos piores, vale lembrar que assim como toda virtude o sorriso também pode e deve ser cultivado. Antes eu me perguntava de onde teria surgido essa luz para que a Paris Hilton fosse cada vez mais publicada e comentada. É interessante, sim, toda a estrutura que ela mantém ao redor, incluindo o sobrenome que é a marca de sua fortuna. Mas, a sua luz está na sua atitude, nos seus sorrisos e, especialmente, para nosso orgulho, nos vestidos do Carlos Miele. Ela sabe agradar.

Fotografias: Paris Hilton usando um vestido assinado pelo estilista Carlos Miele, e o próprio.

Nenhum comentário: