terça-feira, 21 de agosto de 2007

Moda - A Nova 'Velha Ombreira' | por Jamill

Eu sempre considerei a ombreira um recurso bem chique, nem importa dizer que "já passou". O que é bonito não passa nunca. Obviamente que há variação de altura, tamanho e material, mas que elas são ideais no equilíbrio da roupa e na beleza da postura, isso são. Para minha satisfação, tenho visto cada vez mais criações com ombros bem armados. No embalo, selecionei três criações vindas do universo feminino. Começo comentando uma 'criação' de quem ultimamente só tem me desagradado, John Galliano. É um bonito vestido azul, claro que, com exceção do comprimento e do tecido, não é nenhuma novidade, mas os ombros estão perfeitos. Na década de 90, mais especificamente na coleção 98/99 (outono/inverno), Yves Saint Laurent apresentou um modelo quase idêntico, em crepe escuro, chumbo. O que muda é o corte das mangas... Até o cinto era igual. Mas enfim, sem mais críticas nem comparações, esse azul é, além de um belo vestido, um exemplo de ombros bem bonitos. O modelo "dark" é um Gucci, a jaqueta tem ombros bem pontudos, tudo preto, parece tirado das convidadas para 'The Eighteenth Century Woman' do Costume Institute of the Metropolitan Museum, pela Diana Vreeland. Mas, os ombros estão bem alinhados, tudo muito justo, seguindo essa tendência de mostrar as linhas do corpo - atualmente moldado por cirurgias plásticas. É preciso ser muito magra para usar um negócio desses. Agora, o predileto dos três é esse modelo Balenciaga, ultramoderno com ombros armados, aparentemente fácil, sem nenhuma intenção 'sexy', mas muito provocante. É raro elogiar alguma coisa que mistura apenas preto e branco, mas merece. Porque, além de ser bonito, causa o efeito de alongar o corpo. Não há dúvida de que tudo que 'acaba', um dia volta. Os caminhos sempre se cruzam novamente. Na moda, então, nem se fala. Seja o que for, a maior lição está sempre no passado.

[Fotografias: Marcio Madeira]

Nenhum comentário: