sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Diário - Feliz Natal e Feliz Ano! | por Jamill

Hoje é a última postagem do ano, pois estou indo viajar... Todos os anos da minha vida foram assim bem especiais e toda noite quando rezo eu agradeço a Deus por cada instante. Até acho graça quando relembro alguns episódios dos anos que passaram, quando paguei mico...[risos]... Mas, na verdade, o que já passou não importa nada, porque não volta, não tem mais o que se fazer. Se já passou, então acabou. O importante é viver fazendo o que se gosta e ao lado de quem gosta de nós. Então, as recordações se eternizam de várias maneiras: adoro gravar na minha cabeça algum elogio sincero, uma boa acolhida numa casa, um gesto bonito para comigo. Tenho uma fidelidade fora de série com quem gosta de mim e que me trata bem. Também sei expressar meu amor, quando escrevo uma carta ou pinto um retrato. Eu acho isso muito importante: o cultivo de boas coisas. Muitos amigos meus ficam tristes nessa época, talvez porque todo fim é triste e traz recordações – alguns não têm boas recordações do ano, porque passaram por problemas de saúde ou mudaram-se, contra a vontade, de cidade, de país. Eu sempre sou otimista e passo esse exemplo para os meus amigos e para você que está aqui visitando meu blog. O Natal deve ser celebrado em família, com amigos que estão sozinhos e com as crianças. Vivemos em cidades cada vez maiores, cheias de violência e crueldades inimagináveis. Porém, é no Natal e réveillon que nossos corações se cobrem de um sentimento otimista: “tudo vai ser melhor”. É, pode parecer perda de tempo esperar que as coisas no Brasil melhorem, porque somos uma nação jovem (500 e poucos anos). Mas, alguma coisa tem de ter para que se consiga dar um primeiro passo: a esperança. Antes de viajar, verei a alegria dos fogos em Copacabana e no exato momento da explosão de alegrias, agradecerei a Deus, como sempre faço, por ter tantos amigos do meu lado, por sempre conseguir superar as barreiras que me apareceram e por acreditar que mesmo o réveillon sendo uma data de festa, que não passa de uma mudança de calendário, acaba sendo uma fonte de muita energia positiva, quando todos estão mais felizes. Que nós tenhamos um Natal muito feliz, com saúde, alegrias, paz, prosperidade. Que as pessoas que fazem caridade, ajudando a combater a fome no mundo, que essas pessoas se multipliquem. Que as crianças e os idosos sejam mais respeitados, que tenham comida, escola e cultura. Que os animais sejam mais respeitados, amados, cuidados. Que nós possamos aprender com nossos erros e que possamos vencer cada dificuldade que nos aparece. Porque temos Deus conosco, temos nossa família, temos nossos amigos e temos a nossa determinação. Desejo que você, eu e todos nós tenhamos bons acontecimentos, que nos surpreendamos com tantas alegrias. Feliz Natal e Feliz Ano!

2 comentários:

sunshine disse...

Eu entendi profundamente cada palavra (rs) e concordo plenamente...Boa viagem e feliz Ano Novo, até 2008!

Saudades, Sunshine

Claudia Lis disse...

Oi Jamill,

Suas palavras são sempre maravilhosas. Sejam elas sobre moda, sejam elas sobre a vida, sejam elas sobre os outros, ou até mesmo sobre você. Seu comentário na minha festinha foi muito bonito, sincero e carinhoso. Deixou-me muito feliz! Esse é um dos motivos que me satisfaz em ter um blog, poder encontrar pessoas que sabem valorizar a vida e estar atentos aos valores morais que ela pode trazer.

E esse texto também me deixou contente em cada trecho. Quando agradece a Deus por tudo; quando diz que apesar da chegada do ano novo ser apenas uma mudança de data, é um dia que traz energia; quando fala das recordações que merecem ser eternizadas; quando fala de fidelidade; quando fala da sensação boa que o Natal traz; Quando fala de otimismo e finalizando, quando fala de respeito aos animais, pois essa é uma questão que me emociona e eu rezo muito para que o ser humano tenha piedade dos bichinhos e os deixe em paz (isso me fez lembrar do caso do tigre que acabaram de matar no zoológico, porque atacou visitantes. E quem disse que o bicho gostaria de estar lá? Como se não bastasse o tigre ter que injustamente viver enjaulado. Meu Deus quanto absurdo! Eu sonho com o dia em que acabem com os zoológicos e os circos com animais, além de outros meios de exploração animal).

Mas é isso Jamill, nos resta ter esperança, como você mesmo falou, pedir aos céus por dias melhores e fazer a nossa parte. Adorei ler o seu texto. Que bom ter conhecido você. E desejo para você e os seus, um 2008 cheio de maravilhas.

Feliz Ano Novo!

Beijão