quarta-feira, 30 de abril de 2008

Selvageria: A Morte Proposital de um Cachorro Numa Exposição de “Arte”.

Eu estou absolutamente chocado e péssimo com a notícia de que o ignorante e pretensioso à “artista” Guillermo Vargas, conhecido como Habacuc, levou para uma exposição de “arte” em Manágua, na Nicarágua, um cachorro de rua que foi amarrado para morrer de fome e sede diante do público. Estou abismado com a frieza dessa gente que permitiu a morte do cachorro que estava amarrado num canto de parede; e o título que apresentava essa selvageria estava escrito na parede com colagem à base de ração canina. Mesmo se tivesse sido na China, seria assim mesmo uma perversidade brutal, em qualquer lugar do mundo... Se, agora, ser “artista” é isso, eu não quero nem de longe ser um... É uma verdadeira ofensa à vida e a sensibilidade que verdadeiramente move um artista. Como submeter a uma brutalidade dessa um animal irracional e inocente para uma finalidade tão idiota... Qualquer pessoa que já viajou o mundo e bateu Barcelona, Paris, Londres, Nova York, Tóquio e estudou arte, ou simplesmente quem ama a arte e, sobretudo, a vida, está indignada com essa brutalidade. Os defensores dos animais de todo o mundo estão se reunindo numa petição para banir esse louco da Bienal Centroamericana Honduras 2008, onde promete repetir esse absurdo. Se você ama os animais tanto quanto eu amo, assine a petição para impedir esse monstro: http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html E para esse selvagem que cometeu essa brutalidade, a lembrança de que, mesmo ele tendo conseguido – como queria – ser notícia fazendo essa selvageria... “O que nós plantamos, nós colhemos”.

terça-feira, 22 de abril de 2008

Moda – Loja Dona Santa: Uma Idéia de Luxo em Recife

Há muita gente milionária no Nordeste – a maioria é low profile. O destino de compras desse grupo é São Paulo, a Daslu. A mega-loja é o que há de mais chique no Brasil e oferece toda a exclusividade dos serviços masculino e feminino. Vendeuses uniformizadas e toda aquela atmosfera de formalidade que particularmente gosto muito. Homem não entra na área feminina (há estátuas de cães com placas que avisam dos limites), mas as mulheres passam da feminina para a masculina com a maior tranqüilidade. Há ainda o luxo do serviço da mala, que a cliente especial não precisa ir a Daslu, a Daslu vai até ela: tudo que é novidade e que entra no estilo da cliente vai para a casa dela para ser visto. Enquanto muitos ricaços nordestinos reclamam do atendimento “frio” da Daslu, um grupo está descobrindo uma versão mais simples e próxima, dentro do Pernambuco, com importados de luxo. Em Recife, o alvo dos ricaços é a Dona Santa / Santo Homem, que pertence a Lília e a filha Juliana Santos, que vêm de uma das maiores fortunas da produção de cimento no Brasil, o João Santos - do Grupo João Santos. Apesar de ser totalmente mais acessível e mais simples, a Dona Santa tem entrada livre para qualquer pessoa que quiser conhecer... Agora ninguém mais precisa pegar jato para São Paulo ou mandar trazer de lá as peças Ermenegildo Zegna e Prada que quiser comprar. De todo jeito, a loja estabelece uma relação equilibrada no que se refere ao consumo, desde uma calça simples de 1000 reais até uma compra de 100 mil reais. Por conta dessa variação de público, a loja é um grande atrativo e mostra como é bom conhecer todos os produtos de luxo oferecidos, mesmo por quem não tem perspectiva de se deixar levar pelo excesso. E eu considero importante uma loja assim, que favorece qualquer tipo de consumo. Voltando ao atendimento da Daslu, que tanta gente vem e fala que é “frio”, eu só tenho uma coisa a dizer: Se a vendeuse não te atende bem, você pode ser radical, não pisar mais na loja e mandar uma carta para a gerência ou então compreender que você está ali para ser atendido e ela para te atender, não há obrigação de amizade, é uma relação de negócios. Quem vai a um grande centro comercial de luxo com certeza sabe o que quer e se a vendedora é “fria”, essa é a visão dela do que deve ser feito, mesmo que ela queira ofender (o que acho difícil), você não deve sentir-se ofendido nunca, porque você está ali para comprar e vai levar o que quer, nem importa a cara da vendedora... A ação de quem atende bem ou mal, tem relação com os fantasmas que vivem dentro da cabeça dela, não tem nada de pessoal com você. Então, nem precisa esquentar... Para fechar o texto, minha nota 10 para a Dona Santa.

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Maquiagem - A Maquiagem Chique Para o Outono/Inverno 2008 | por Jamill

Atendendo aos e-mails com pedidos por textos sobre maquiagem, aqui vou passar um pouco da minha idéia para a maquiagem outono/inverno. Em primeiro lugar quero dizer que o maior nome em maquiagem no Brasil é o Ronald Pimentel (ver contato no rodapé), e ele faz capas de revistas e atende aos maiores nomes da alta sociedade. Mas, nem toda mulher tem a sorte de ser maquiada por ele e muitas trabalham tanto que não têm tempo para nada nesse mundo moderno. Assim mesmo, elas querem estar bonitas para almoço com namorado, jantar com marido, enfim. A maquiagem tem de acompanhar esse ritmo acelerado de ‘minimalismo’ e perfeição. Maquiagem devia ser uma das lições obrigatórias que são passadas de mães para filhas... Sou a favor que a mulher expresse toda sua vaidade e feminilidade no vestuário, maquiagens... Porém, se os homens já reclamam que o vestido está curto demais ou decote grande, poucos gostam de namoradas ou mulheres muito maquiadas. “Atrapalha pra beijar e algumas maquiagens deixam gosto depois do beijo”, reclamam os namorados e maridos. Estamos entrando na época com climas mais frios e minhas dicas vêm da alta costura francesa, com uma ou outra modificação que vai além de enaltecer a beleza feminina, também facilita muito a vida dos companheiros que não querem ficar com gosto de blush na boca depois de um beijo. Então, é uma maquiagem que foca para olhos e boca que mudam de tonalidade conforme o desejo e o momento do dia. Após os comentários sobre as imagens, dicas específicas sobre produtos de beleza que oferecem esses efeitos sob uma qualidade impecável:

COMENTÁRIOS

1 – Ideal para o dia, com tons rosados (sombra e lábios); sem mudar o batom, a sombra pode acompanhar, suavemente como está, a cor dos olhos. Ideal para quem é clássica e quer ficar com um ar moderno e discreto ao mesmo tempo;

2 – Eis um exemplo de maquiagem muito produzida que entra pela manhã para ser madrinha num casamento e à noite. Ideal para mulheres exuberantes, que têm lábios grossos;

3 – Luxuosa maquiagem para noite, praticamente idêntica à foto número 2, com o detalhe do batom vermelho, que faz toda a diferença e limita essa maquiagem para a noite: um baile gigantesco, casamento ultra-sofisticado;

4 – Perfeito o brilho nos lábios e a atenção especial para os cílios, com máscara que dá volume e só isso já é suficiente para ter uma maquiagem perfeita para o dia e para a noite, ir ao escritório e depois topar algum convite;

5 – Mesma fórmula da maquiagem número 4, de um minimalismo adequado para o dia-a-dia com olhos valorizados pela máscara de cílios e tons de sombra rosada e prateada, uma combinação perfeita para qualquer cor de olho. O batom na cor natural dos lábios ou simplesmente um brilho labial, que também pode fazer às vezes de sombra para as pálpebras. Novamente essencial para a mulher moderna que vai a escritório, depois happy hour, teatro, jantar fora;

6 – Aqui apresento a mesma cena da maquiagem de número 5, porém com olhos escuros, para confirmar como combina perfeitamente com olhos que não são claros. Ideal para o dia-a-dia, mesmo para comparecer a um casamento, colação de grau, sair para jantar;

7 – Luxuosa maquiagem, semelhante a foto número 3, com batom fúcsia e olhos delineados. Perfeita para se usar a noite numa ocasião black-tie, um grande baile, mega-casamento e com observação de que essa maquiagem fica perfeita para ser usada em casamento europeu pela manhã – sobretudo com acessórios suaves como os brincos apresentados na foto. Daí, sendo à noite põe brincão de ouro comprido com pedras num dos tons: amarelo, verde ou rosa. Uma produção muito luxuosa;

8 – Maquiagem muito ousada. Não acho bonita mulher de batom roxo, mas isso depende do seu estilo. Não é sempre que essa sombra combina com olhos escuros, mas independente da cor dos olhos eu aconselharia o uso apenas nas pálpebras e não subindo até as sobrancelhas. Não gosto do roxo, mas serve de exemplo para as mulheres que gostam e querem uma idéia;

9 – Maquiagem simplíssima, ideal para profissionais que vivem em ambientes de trabalho como escritórios de advocacia ou consultórios, pessoas de medicina e todas as profissões da área de saúde. Também para funcionários de hotéis e empresas aéreas.

Parto do princípio de que essa indicação é para a mulher vaidosa que cuida da pele e mantém sua beleza. Obviamente que se fosse o contrário, mais produtos deveriam ser listados, como bases e corretivos, por exemplo; mas, o importante é saber que todas podem enaltecer sua beleza. Não é fácil escrever um artigo como este, pois eu tenho de conhecer os produtos, composições e há muita coisa boa no mercado. Mas, fui adiante e fiz uma seleção mínima para se fazer uma maquiagem tão bonita quanto você merece.

10 - Prisme Again! Visage Poudre Compacte, Quatuor (Rechargeable) GIVENCHY: São quarto cores nesse pó compacto assinado por uma das mais importantes grifes do mundo e, portanto, além da qualidade que é indiscutível, mantém a naturalidade da pele durante o dia inteiro se for preciso. Tudo isso pela micronização de pigmentos puros das cores;

11 - 5 Couleurs Palette Fards à Paupieres DIOR: são cinco cores de sombras ideais para os efeitos diurnos e noturnos para as mais diversas ocasiões e de longa durabilidade que só aumenta a qualidade de uma maquiagem bem feita;

12 - Eyeliner Moiré YVES SAINT LAURENT: O delineador ideal para uma maquiagem perfeita, duradoura e exuberante;

13 - TALIKA Extenseur-Cils: Uma máscara que, aplicada após o rímel, alonga e engrossa os cílios instantaneamente, possibilitando os efeitos apresentados;

14 - Aquarésistant (Máscara de Cílios) YVES SAINT LAURENT: Opção para olhos sensíveis e/ou que usam lentes de contato, é à prova d'água, tem longa durabilidade; realça o olhar alongando e separando os cílios.

15 - Rouge à Lèvres Hydratant Longue Tênue SISLEY: Batom de longa duração, ideal para todos os tipos de lábios, desde os mais sensíveis, tem cobertura uniforme, suavemente acetinada e textura natural. Também hidrata os lábios, protegendo-os de ressecamento.
.
Serviço: Para as chiques, o contato do Ronald Pimentel: rio@ronaldpimentel.com

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Moda – Pedro Lourenço: Hoje, Luz Sobre a Moda de Amanhã | outono/inverno 2008

Considero o Pedro Lourenço um dos mais importantes nomes da criação de moda brasileira dessa novíssima geração... Quem viu aquele vestido preto-e-branco e botas, criação dele, e que foram usados, há dois anos, pela Naomi Campbell na ‘Vogue Naomi’ (página 144)?! Pois é... Eu adorei. E ele é tão jovem que você se pergunta: “como ele consegue fazer coisas assim, tão ótimas?!” Talento. Simpatizo muito com ele, com a moda dele e fico bem animado quando dizem: “ele vai voltar”. Que volte mesmo – e para ficar... Aqui eu selecionei duas de suas criações para outono/inverno apresentadas em 2006, mas que têm toda uma atmosfera atemporal e tudo entra muito bem agora em 2008 e nos anos que virão. É muito chique. Em ambas as criações eu mudaria apenas dois detalhes com relação à produção: meias e sapatos fechados. Para quem gosta de ver talento e anda meio desanimado com as incertezas do que será a moda no futuro, o Pedro Lourenço consegue colocar luz nesse caminho. Então, trate de se animar.



quinta-feira, 3 de abril de 2008

Moda - O Estilo Próprio e a Moda Acima do Peso


Cada pessoa tem de ter (natural ou fabricado) o seu próprio estilo, saber e entender o que combina com o corpo, com o temperamento; é para isso que a moda serve: apresentar opções, nunca impor regras. Crie seu estilo próprio baseando-se em tudo que você mais gosta. Tudo que lhe cai bem, que é confortável. Muito se fala que a elegância está na simplicidade, mas tem coisa simples que nem de longe lembra elegância. Ser elegante começa a partir da naturalidade, livre da obrigação de aparentar simplicidade ou sofisticação, é uma virtude tão natural e é coisa da própria pessoa, do temperamento, que é o que não muda. Obviamente que se uma pessoa tem perseverança e boa vontade, vai acabar aprendendo e até pode ter um reconhecimento, mas esse é um tipo de elegância fabricada em cima da personalidade e pode falhar pela vida, porque a essência é outra e a personalidade, ao contrário do temperamento, pode sofrer mudanças. Então, a disciplina é importante, para tudo.
Uma vez ouvi história qualquer sobre um mendigo numa esquina bebendo cachaça num copo de vidro de extrato de tomate, e ele pegava o copo com uma elegância fora de série. Essa mesma história falava de um casal num bom restaurante comendo e falando de boca cheia, sujando as roupas... Não sei se essa história é real, mas é absolutamente possível, porque a elegância vem de você e não tem nada a ver com classe social, com poder econômico, com nada, porque são duas possibilidades: nascer elegante ou decidir ser (ou não ser) elegante.
GORDOS E GORDAS NA MODAOutro ponto importante que precisa ser comentado é que hoje e em qualquer época eu acho um absurdo a discriminação de uma mulher porque ela está gorda ou magra, qual o problema nisso? Se ninguém vai te carregar nos braços, porque se preocupar com seu peso? Também não há problema nenhum em envelhecer, em mudar, porque você vai continuar sendo a mesma pessoa: mesmo nome, data de nascimento, tudo. Há algo em você que deve permanecer diante das mudanças da vida que é o seu estilo próprio. Uma mulher pode ser magra ou gorda e ser extremamente elegante e bem vestida. O que verdadeiramente importa é como você se sente... Se uma mulher gorda quiser e puder pagar por um vestido da alta costura francesa, ela vai ao ateliê em Paris e terá o vestido nas medidas dela.
As marcas de roupas reduziram os manequins e continuam diminuindo. Se você veste 42 estará vestindo 44 na próxima temporada e assim vai, mesmo que faça dieta, cirurgia plástica e tudo mais. Então, não adianta esse negócio de seguir à risca revistas de moda... Toda pessoa que já esteve acima do peso, sabe da complicação que é. Eu já passei por isso. Mas, há casos de pessoas que até sofreram preconceito. Então, a gente resolve assim: quem gosta de estar gordinha e tem a saúde ótima, que fique assim e quem não gosta, vai tratar de emagrecer sem neurose para entrar nessa ou naquela roupa. Agora, esse negócio de emagrecer só para usar uma calça (?!)... Isso é um tipo de escravidão e a pessoa que vive se escravizando para seguir tendências acaba vivendo mais para os outros do que para si própria. Onde isso vai parar? O importante não é o que as pessoas pensam de nós, mas o que nós pensamos de nós mesmos. Não adianta ficar feliz com cada elogio e triste com cada crítica. Pior ainda ficar se martirizando para seguir cada detalhe que é mostrado nas revistas, como um "referencial de perfeição", como se isso impedisse que as pessoas argumentassem sobre suas roupas, criticassem você por várias outras coisas. Porque uma pessoa precisa seguir tendência e sofrer em regime para emagrecer na intenção de ser aceita? Porque submeter-se a cirurgias plásticas quando na verdade nem precisa de nada? "Isso seria ilusão, deslumbramento?" Pode ser tudo, inclusive insegurança. Só é insegura a pessoa que não se conhece de verdade, não sabe que, por exemplo, as maiores lições da vida são as experiências vividas e não as experiências aprendidas e/ou ensinadas. Isso vale para moda, para relacionamento, para tudo. Às vezes, você conhece alguém e não sabe explicar porque essa pessoa tem olhos tão bonitos, porque são castanhos, porque têm tudo para serem olhos aparentemente comuns. Mas são olhos lindos! Atitude é a palavra-chave... Saber usar bem aquilo que nós temos. Não importa se a mulher é magra, gorda, se tem alguma deficiência física, não importa nada porque nós somos todos iguais e estamos todos, todo o tempo, sujeitos a uma série de mudanças boas e ruins, então cada pessoa tem uma beleza própria e tem todo o direito de expor essa beleza, de ser admirada e reconhecida.
As revistas de moda são muito importantes para mostrarem novidades, a arte da moda. Mas não quer dizer que a leitora tem de seguir exatamente cada figurino apresentado em cada página de uma revista. Jamais deposite numa outra pessoa ou em regras de moda a responsabilidade de seu próprio bem-estar. Seja você mesmo(a), com muito, muito charme e muita atitude. Porque autenticidade é uma grande virtude e também um luxo.

Por Jamill Barbosa Ferreira