sábado, 14 de junho de 2008

Comportamento - O Melhor Primeiro Encontro Amoroso | Um Convite Para Jantar

Sempre recebo e-mails pedindo dicas sobre "como começar um namoro" (?), depois manter um namoro, um casamento. Dicas para os homens conquistarem as mulheres... Homens apaixonados que não sabem convidar uma garota para jantar. Diante disso, me agrada saber que nos tempos malucos de hoje ainda há certo romantismo e respeito no ar... Eu acho engraçado, porque minha idéia é uma só: quem segura uma relação é a mulher e não o homem. Então, o homem deve dizer o que sente, sempre com respeito, e a mulher vai dando as coordenadas para as próximas atitudes do homem. Hoje em dia, como o papel de ambos está sempre em sinal de disputa, homens e mulheres acabam brigando por coisa pouca. As mulheres reclamam do comportamento dos homens e muitas têm razão... Mas, mesmo as que reclamam continuam querendo o namorado complicado ou o marido complicado. Então, continua que a mulher é quem decide o que fazer. Os defeitos e virtudes masculinos e femininos são bem visíveis, assim como o papel masculino e feminino numa conquista. Todo homem tem por valores culturais e até instinto, esse comportamento de trair e se arrepender, trair outra vez e se arrepender novamente e assim por diante. Então, as brigas acontecem porque o namorado olha para outras garotas no shopping, no trânsito... Eles reúnem amigos, assistem futebol e depois passam para os programas de comentários, opinam entre eles e enquanto isso as namoradas ficam muito chateadas mesmo. Os rapazes também confundem som do carro e o próprio carro com masculinidade e então quanto mais alto está o som e quanto mais potente for o carro, mais ‘machos’ eles são. As namoradas acham chato ficar no meio dessa disputa de som, de motor... Nem todos agem assim, mas a grande maioria das leitoras relata que tem namorado ou marido cheio dessas manias... É uma total seqüência de comportamentos “infantis”, dizem, indignadas, as apaixonadas mulheres. Por outro lado, os homens também têm muitas reclamações a fazer... Que as mulheres nunca gostam dos filmes que eles alugam, reclamam da atenção que eles dão para as amigas delas e olham demais para outras mulheres. Que os rapazes nunca admitem quando erram e dão jeito de jogar toda a culpa nas namoradas. Enfim, tudo isso gera brigas bobas, algumas vezes criam conflitos sérios nos namoros e casamentos, mas tudo isso é comum. O que é inadmissível numa relação é a violência. Essa semana muitos e-mails de namoradas indignadas com os namorados que ignoraram o dia dos namorados... Eu sei que é uma data comercial, que esse negócio de amor, paixão, deve ser demonstrado todo dia, de várias maneiras... blá, blá... Mas acontece que o dia dos namorados tem todo um clima mais que especial para essas demonstrações, incluindo que é uma data que tanto o namorado quanto a namorada fica mesmo esperando algo de muito bom e especial acontecer. Mas, antes de namorar, logo no primeiro encontro, a garota já tem uma idéia de como será um namoro com o rapaz... O homem, por sua vez, nem sempre sabe como agir num primeiro encontro e esquece que para expressar interesse numa garota não precisa, necessariamente, falar o que sente e esperar um “sim” dela. É nessas horas que deve haver um pouco mais de paparico... A atitude vale mais. Eu vou falar do primeiro encontro, que é base de todo o relacionamento que virá ou não pela frente. Pois é importante o homem reconhecer que toda mulher é especial, que alguns até podem achar divertido essa moda do “fica” - eu sou contra esse negócio de "ficar", estamos falando de namorar -, mas acabam percebendo que intimamente não é ficando que cada um vai cobrir sua carência interior, a necessidade de amor. Hoje eu vou atender aos pedidos dos leitores por dicas sobre como eles devem fazer para que um primeiro encontro seja no mínimo agradável.
.
CONVIDANDO PARA JANTAR: sempre notei que os rapazes têm medo das garotas. Muitos gaguejam na hora de uma declaração, de fazer um convite ou mesmo de dizer um “oi”. Toda garota gosta de homem direto no que quer... Se o homem quer convidar uma mulher para sair, ele deve dizer exatamente o que quer: “Você quer jantar comigo sexta-feira?” O máximo que pode acontecer é ouvir um “não”. Tem de ter coragem, naturalidade e confiança. Se ela não quiser jantar com você, paciência, há muitas outras mulheres no mundo. Mas se ela diz “sim” ou “pode ser”, então você tem de ser muito direto e se não souber onde ela mora, deve perguntar agora e completar o convite dizendo que vai buscá-la e a hora: “te pego às 20hs na tua casa”.
.
ANTES DO JANTAR – Para o homem: prepare sua casa com bons DVDs, bebidas suaves, vinho, bombons, música. Uma pilha de toalhas limpas na bancada do banheiro. Tudo isso para no caso dela querer ir ver um filme com você na sua casa... Antigamente isso era quase impossível num primeiro encontro, mas os tempos são outros. Eu, particularmente, prefiro o ritmo de antes, porque tudo acontecia no tempo certo e era mais bonito. Também há possibilidade dela te convidar para entrar quando você for deixá-la em casa... Vai depender muito do estilo dos dois.
.
BUSCAR A GAROTA: Depois que ela aceita seu convite, é obrigação do homem ir buscar a garota em casa. Não importa se vai de carro, ônibus, metrô ou táxi, é o homem quem vai buscar a garota na casa dela. Seja pontual. Quando estiver chegando ligue para ela e avise. Quando chegar, desça do carro, espere por ela fora do carro... Se ela demorar a te receber ou ainda estiver se aprontando, seja cavalheiro, fique de pé esperando e aceite normalmente o atraso dela – homem é obrigado a esperar a mulher, só que mulher nenhuma agüenta atraso de homem. Precisa acompanhar e abrir a porta do carro para ela, apesar de hoje em dia muitas garotas detestarem isso, pois essas são bem independentes para tudo e muitas detestam essa delicadeza que consideram “coisa efêmera”: vai passando na medida em que o casal fica mais íntimo. Eu ainda considero bonito abrir a porta. Mas... Feio mesmo é o homem ficar dentro do carro esperando a garota entrar.
.
CHEGANDO AO RESTAURANTE: Chegando ao restaurante, se tiver manobrista ele vai abrir a porta para ela descer. Vá ao encontro dela e assuma seu posto de companhia, dê o braço ou a mão para ela. As garotas sabem que os homens ficam mais vaidosos quando desfilam de braço dado com elas... É exatamente isso. Se o restaurante não tem manobrista, você estaciona, desce do carro e vai ao encontro dela – mesmo que o caminho para o restaurante seja pelo seu lado.
.
À MESA: O homem escolhe a mesa, antecipadamente por telefone ou na hora – depende muito do restaurante. O homem deve proteger a mulher desde os mínimos detalhes... Na mesa, já sentados, elogios são bem-vindos e toda mulher gosta. Ela sabe que se você a convidou para sair, é porque você a acha especial, bonita... Então, não precisa explicar nada. Tem de ser direto: “você tem olhos lindos”. Homem nasce para paparicar as mulheres mesmo. Evite olhar para as pessoas das outras mesas... Porque uma resposta a uma indelicadeza dessas seria a sua convidada dizer que quer ir para casa. O jantar é para ela, você vai dedicar seu tempo para ouvi-la, conhecê-la melhor e fazer com que ela sinta-se bem com você. Homem não pode nem deve tocar no rosto, no cabelo da garota, mas a garota pode fazer carinho no rosto do homem se ela quiser. O máximo que um homem pode num primeiro encontro, enquanto ainda estão em restaurante, é tomar iniciativa de pegar na mão – é questão de respeito mesmo.
.
CARDÁPIO E PEDIDO: O homem deve esperar quanto tempo for preciso para a garota decidir o que vai pedir. Muitas gostam de ler todo o cardápio e depois a carta de vinhos, é até elegante e demonstra uma dedicação maior ao momento. Depois, quando ela escolher o que vai querer, você então comunica o pedido dela e o seu – inclusive ao sommelier (especialista em vinhos). Enquanto esperam, conversem, dê atenção para tudo que ela fizer e disser. Entregue todo seu tempo nesse jantar para ela...
.
A CONTA: Quem paga o jantar é o homem. Não importa esse discurso moderno de dividir conta, nada disso. Acho horrível o homem aceitar dividir conta com a garota. Escolha um restaurante que você possa pagar. Então, imediatamente, quando a conta chegar, não precisa dar atenção ao garçom nem conferir nada, basta entregar o cartão de crédito junto à conta. Não interrompa o assunto com ela, não mude sua atenção.
.
TERMINADO O JANTAR: Dentro do carro o homem pergunta se ela quer ir dançar ou passar num barzinho, ver um filme. Ela já sabe que a intenção é ficar à sós com ela. Se ela decidir ir para casa, o homem deve levá-la para casa, descer do carro junto com ela, acompanhá-la até a porta, a portaria, e se ela não convidar para subir, só deve voltar ao carro depois que ela entrar em casa, no prédio. Agora, se ela quiser ficar mais a vontade com ele, o homem pode convidá-la para ver um filme em sua casa, tomar um vinho... Aconteça o que acontecer, se ela quis partir para uma dança, assistir um filme ou um papo regado a um bom vinho na sua casa, é obrigação do homem levá-la em casa.
.
O DIA DE AMANHÃ: O homem deve telefonar à tarde para a garota, e sem muita enrolação convidá-la para um cinema, um passeio, ver uma exposição... A partir daí, é um pulo para um namoro.

Nenhum comentário: