quarta-feira, 25 de junho de 2008

Opinião & Diário - Vida Longa ao Forte Exemplo Deixado por Ruth Cardoso

Fiquei surpreso quando soube da morte da Dona Ruth Cardoso, que aos 77 anos foi vítima de um problema cardíaco na noite de ontem e não resistiu. Ela é um exemplo marcante da mulher moderna e inteligente que tem toda essa preocupação em manter suas atividades acadêmicas – sempre reconhecida por isso – mas que mantém a sensibilidade diante de tudo que precisa de acerto nesse nosso mundo. Sem falar que ela foi casada por 56 anos com o Presidente Fernando Henrique Cardoso e, portanto, é também um grande exemplo de mãe de família, de quem realmente tem o casamento como sagrado. Uma mulher séria. Acho que nosso país está cada vez mais complicado por conta da falta de base familiar, pais separados, filhos com mais e mais problemas decorrentes dessa maluquice de ver toda essa confusão na família: é mãe com namorado que também é desquitado, é pai com outra mulher que já tem outros filhos. E não fica só nisso... Minha gente, nós precisamos ter uma base mais sólida com relação a tudo isso... O Governo tem sim um papel importante: dando escola, alimentação para as pessoas... Mas a base familiar e o aprendizado cultural que só uma família pode passar é também muito importante; isso tudo junto é que pode garantir um país mais equilibrado em tudo. Com toda essa bagunça, como os pais terão segurança de passar algum ensinamento sobre valores que devem ser mantidos? As crianças percebem os erros e elas apontam esses erros para os pais e nos pais, tornam-se desobedientes em represália ao que desaprovam no comportamento familiar e então é uma bola de neve. Isso está bem visível, basta um pouco mais de atenção. E são tantas as falhas... Vivemos num país que tem um sistema de saúde pública terrível, muitos médicos insensíveis que agem mecanicamente, acumulando requisições que vão aumentar um salário e isso é horrível... Todo mundo sabe que isso acontece e depois há reclamação de falta de investimentos... Mas não é só investimento financeiro não, tem de ter profissional com alma boa. Seja hospital, creche, o que for, é preciso que tenhamos a consciência de que estamos dividindo responsabilidades a cada instante e que devemos ser solidários uns com os outros, porque não podemos prever o dia de amanhã. Claro que há médicos excelentes por aí nas emergências, em todo lugar, e que há gente competente nas escolas e creches, mas isso tudo é uma minoria... Muitas famílias sofrem neste país e a falta de base familiar nos jovens também piora gravemente a situação de tudo que é ruim que você possa imaginar... Cada vez mais a gente liga a televisão e vê uma escola que foi metralhada por alunos que eram contra professores desta ou daquela matéria, gente que espanca um jovem indefeso que vai parar em UTI, aviões lotados que manobram bruscamente para evitar ser alvos de tiros, coisas horríveis acontecendo... Abre uma revista hoje e vê um casamento, amanhã abre outra e lá está o casamento terminando... Violências gratuitas, amores baratos... Uma banalização de tudo. É preciso respirar fundo e pedir a Deus que Nos Proteja de tanta barreira. Uma mulher como a Dona Ruth Cardoso, que lutou contra as desigualdades e contra a violência, que foi casada por 56 anos, estruturou de forma magnífica sua família e fez tanto pelo social, deve ser sempre alvo de admiração, porque se cada um de nós fizesse alguma coisa, se empenhasse num objetivo (ajudando animais de rua, combatendo pobreza humana, dando educação, etc.), o nosso Brasil seria para as futuras gerações um país bem bonito, em todos os sentidos.

Um comentário:

denise disse...

Tudo o Jamill escreve, é um exercício de uma inteligencia que unida a sensibilidade que ele possue nos proporciona um merguho em cada texto, em cada palavrinha, até nos pontos e vírgulas que ele coloca...
Vejo quando ele fala da Dona Ruth Cardoso, mulher que foi exemplo de primeira dama, mas muito mais de mulher mesmo. Que soube ousar por caminhos que a levaram sempre ao êxito naquilo que fazia. Mulher que carregou no peito um desejo de ver os mais necessitados em lugares melhores de vida.
Socióloga competente e que fez dos momentos que viveu, obra. E deixou esta obra eternizada.
Fico olhando os textos que ele escreve , quando fala dos desfiles, quando usa de seu charme de homem perfeito, gentleman, que teve educação de ouro e soube levá-la a diante, pois muitos não sabem aproveitar a carga de referencia que recebem e não usam para nada de bom. Jamill é um grande escritor.
Sinto saudades da Isadora. A mulher das unhas de ouro, que tanto eu aprendi com as sábias palavras que ele a descrevia. Isadora existe aos montes. E talvez um dia eu tenha sido um pouco dela tambem, como a minha amiga, minha vizinha, a moça que passa na rua sorrindo, mas que no fundo carrega um pouco da Isadora sonhadora.
A morte do Yves Saint Laurent.
Talvez nunca mais haverá algum estilista que beire os pés do talento que ele tinha. Talvez, como Chanell tambem até hoje não temha tido substituta.
Yves Saint Laurent é questão de cumplicidade com o proprio corpo e com a verdadeira essencia do vestir-se bem.
Gosto muito de vir aqui neste blog. Aqui tem conteudo, tem lições, tem ensinamentos que a gente pega e sabe que pode levar diante por que foi Jamill quem escreveu.
Parabéns, grande homem. Voce é um ser de luz acima de tudo.
Antes de ser o elegante, o talentoso e o surpreendente Jamill, voce é um ser humano que sabe que um animal de rua não pediu para estar alí. E que nós,seres humanos que possuimos um pouquinho de caráter( digo, caráter mesmo), ambição por dias melhores, sabemos que precisamos ajuda-los. Eles são os nossos grandes e fiéis amigos.Por isso, sigamos a lei do retorno de que o que damos, Deus nos oferece de volta.
Ao mais, precisaria de muito mais espaço pra falar sobre o quanto admiro jamill. E quanto seus textos são importantes não somente para mim, mas para todos que acham que desta vida o que se pega de melhor é o que se aprende lendo.
Obrigado pelo beijo...receba-o de volta. E que os deuses da inspiração lhe conceda sempre momentos de glória em tudo que colocar no papel. Voce é ótimo!!!