sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Livro - FABULOUS FROCKS e o Melhor Prazer do Vestuário de Mundo.

Eu gosto muito de ‘passear’ pela história do vestuário de mundo... Às vezes mergulho tão fundo que, em matéria de moda, descrevo o passado como presente. Essa semana, conversando com meu ídolo, Carmen Mayrink Veiga – que para minha alegria e meu orgulho, lê meus artigos do blog –, ela me alertou: “Jamill, você fala da Diana Vreeland como se ela fosse viva”. É verdade... E a opinião da Carmen Mayrink Veiga tem enorme importância para mim e para qualquer pessoa da moda que tem juízo – foi um alerta certeiro. Reli, então, alguns de meus textos e lá estavam minhas palavras apontando Mme. Vreeland como se ela estivesse fisicamente viva. Agora estou atento para corrigir. Como será que isso acontece? Acompanhar artisticamente o vestuário de mundo também é se abastecer dessa sensação de uma unidade de tempo, onde tudo permanece... Uma dessas sensações de entronização no tempo e do prazer em moda está no livro 'Fabulous Frocks', que apresenta alguns dos principais vestidos do mundo. O mais fascinante, porém, é estar atento às mulheres que vestiram essas peças. As pessoas precisam estar atentas não só às top models que desfilam vestidos da alta costura numa passarela, as pessoas precisam estar atentas às mulheres da primeira fila que vão abastecer seus armários com esses vestidos. Há alguns anos o W publicou na capa um belíssimo vestido criado por Yves Saint Laurent (crepe emborrachado shocking-pink com laços de veludo no ombro e na coxa), que a Carmen Mayrink Veiga usou na posse do Presidente Figueiredo, e que foi considerado pelo próprio costureiro como o vestido mais bonito que ele já fez. É fascinante o mundo da mulher que tem uma bagagem de vivência na moda, na alta moda. Então, esse livro é imperdível, é essencial para quem quer viajar por essa mágica e também para os nomes atuais da moda que jamais tiveram, na prática, uma experiência tão magnífica... Mas que podem enriquecer a teoria. Muita gente está de olho em 'Fabulous Frocks' e sua mensagem de estilo, de arte, de experiência em vestuário. Não posso deixar de dizer que é belíssima a foto da Linda Evangelista com um Valentino de 1992 que se compõe no preto e no branco, a Princesa Diana subindo as escadas da igreja. É preciso ter porte para certos vestidos, a maneira como uma mulher caminha, o charme dos gestos, o desenho do corpo e a elegância natural enriquecem uma roupa. Antigamente era tudo tão mais bonito... Talvez a principal função do livro seja nos acostumar com a melhor parte do novo – os lindos vestidos (re-)criados por Vivienne Westwood e Alexander McQueen, por exemplo –, juntando tudo nesse tipo de arquivo que, sem dúvida nenhuma, nos faz refletir sobre os caminhos da moda e, às vezes, também nos entusiasma tanto que nos confundimos com o tempo, pelo puro prazer da sensação, mesmo 'visionária', de que nada de bonito acabou.

Fabulous Frocks
Sarah Gristwood e Jane Eastoe
Editora Pavilion Books.

Nenhum comentário: