quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Moda - Mulheres Caindo do Salto | O Exagero dos Saltos Altíssimos

As mulheres que gostam de saltos muito altos e usam, poderiam falar na prática de como deve ser complicado 'engolir' o conforto em nome de uma linha estética do nada para o nada. Então, por que elas continuam usando? A moda está oferecendo uma infinidade de saltos extremamente exagerados e as mulheres nem andam mais como felinos (rebolando naturalmente), elas andam como se estivessem com pernas de pau num circo. Lembro que achei muito esquisito quando anunciaram que a Nan Kempner desequilibrou-se num salto de 20 centímetos, assinado por John Galliano, e caiu fraturando a bacia... Pensando de maneira alienada, foi até chique, é verdade, mas certamente foi doloroso. Se, nessa “evolução” da moda, a oferta mantivesse a prática pela teoria do conforto, da feminilidade e da elegância, muita coisa seria corrigida, pois, na prática, cada mulher aplicaria ao seu visual uma solução muito pessoal. Mas, como a oferta de moda caiu no deslumbramento do desconforto – inclusive desconforto estético, também na produção de sapatos, em nome de uma moda cada vez mais artificial –, a grande maioria não tem mesmo outra escolha, a não ser comprar saltos altíssimos que lhes renderão dores e quedas, se não quiser andar descalça por aí. Porque, infelizmente, a indústria da moda está desenvolvendo peças para um único tipo físico. O que facilita a produção e dificulta a vida das mulheres, que acabam perdendo sua própria identidade em nome de um padrão estabelecido por um marketing absolutamente comercial, que põe a necessidade humana e individual em milésimo plano, quase sem interesse. Mas, não posso jogar a responsabilidade de toda essa ditadura de moda no marketing puro. Eu jogo essa responsabilidade sobre você, que alimenta com milhões esse consumismo do que é imposto em moda e não na diversidade de ofertas que enriqueceria seu estilo próprio. A mulher de hoje considera mais fácil seguir o figurino de uma página de revista; para isso fazem terríveis dietas e tratamentos estéticos para entrar no 'clube do corpo padronizado', do que se dar ao trabalho de analisar o que realmente combina com seu corpo hoje e quais os recursos apropriados para enaltecer ou disfarçar certos detalhes físicos. Pois, ninguém passa por uma mudança tão brusca do dia para a noite... Então, como seria esse meio-tempo? Mergulhada em antidepressivos?! Minha gente... Vamos parar com isso. Será que vale a pena você usar um salto 20 para passar 10 minutos numa festa e no dia seguinte, na melhor das hipóteses, ter de chamar massagista, ortopedista e se encher de antiinflamatórios? Os maridos dessas mulheres devem ficar no mínimo surpresos: casarão com mulheres de 1,90m que na verdade medem 1,70, com mulheres de cabelo liso que na verdade têm cabelos cacheados, mulheres de cílios longos que quando vão dormir revelam que são postiços. Garanto que ao natural elas agradarão bem mais. A moda pode parecer muito cruel às vezes. Mas, ainda mais cruel que a moda é você, que compra, dentre tantas coisas, seus saltos exageradamente altos, com a ilusão de que ficará bem, mesmo sabendo que não vai, porque seu andar ficará feio, seu corpo vai sofrer e todo esse desconforto ficará tão aparente em sua imagem que seu estilo vai mesmo cair do salto.

Um comentário:

july_mess disse...

Amei o blog...vou aproveitá-lo para aprender um pouco sobre moda que é o curso que quero fazer...não deixe de atualizá-lo você, além de saber muito sobre moda, escreve muito bem! Boa sorte no mundo da moda...bjos