sábado, 29 de janeiro de 2011

Alta Costura – ELIE SAAB é um Luxo de Abafar! | Primavera-verão 2011

Elie Saab Couture


Chanel Couture
Dior Couture
Enquanto Dior, por John Galliano, tenta resgatar o interesse pela alta costura através de repetições puramente clássicas dos anos 40 e 50, Karl Lagerfeld para Chanel e Jean Paul Gaultier acrescentam um toque estilizado, mas não muito convincente, o bonito mesmo ficou na passarela de Elie Saab, que fez desfilar cada vestido mais luxuoso que o outro em uma expressão visual de abafar. Não há graça em alta costura que tenta ser prêt-à-porter, não causa beleza visual e é preciso ser muito otimista e ter paciência para querer valorizar o que já é sabido: os detalhes técnicos, tecidos e materiais nobres, que fazem da alta costura a mais cara e sofisticada moda do mundo. Então, a gente também tem de notar os detalhes de apresentação e não tem como não achar uma pobreza o desfile Dior que, além de previsível, repetiu a mesma música todo tempo. Que chato. Que feio. Que pobre. Vamos parar de tentar entender o luxo na moda pela entrega de Oscar e começar a perceber o verdadeiro luxo nos salões mais chiques dos castelos europeus, abarrotados de mulheres elegantes em seus longos vintage numa sintonia de mesclas visuais by Elie Saab. 

Nenhum comentário: