sexta-feira, 29 de abril de 2011

Social – Simplicidade no Casamento de KATE e WILLIAM

O príncipe William e Kate, na carruagem que há 30 anos Diana e Charles usaram.
LONDRES – Às 11 horas da manhã, no horário de Londres, 7 da manhã no horário do Brasil, dentro da pontualidade que todo casamento mundial deveria ter, a noiva Kate Middleton desembarcou da Rolls Royce e casou-se com o Príncipe William, nomeado duque de Cambridge, tornando-se, então, duquesa de Cambridge. William optou pelo uniforme da Guarda Irlandesa, mas a escolha do irmão, Harry , estava muito mais bonita, ele, aliás, estava mais bonito que o noivo, com uniforme de capitão do regimento Blues and Royals da Guarda Real e organiza uma balada para a noite. O vestido de Kate foi feito por Sarah Burton, da grife McQueen, que achei muito simples, quase uma pobreza para uma “princesa”, como será chamada popularmente. A brasileira, amiga da realeza, Carmen Mayrink Veiga, acha que a noiva estava “muito bem-vestida, elegante”. Óbvio que pelo protocolo o vestido estava ótimo, apesar do decote tomara-que-caia, havia renda revelando os braços. Só não poderia ser decotado ou simplesmente tomara-que-caia sem a renda, pois seria inaceitável em qualquer casamento. 
O vestido simples de Kate, feito por Sarah Burton da grife McQueen.
Pouco armado, para um casamento Real, o vestido lembrou o modelo usado por Grace Kelly e apesar da tiara que Elizabeth II ganhou aos 18 anos, a noiva não deveria ter usado cabelo solto com véu, mas eu, particularmente, acho um luxo cabelo solto com véu. Se o próprio Alexander McQueen tivesse feito o vestido, aí sim poderíamos ver uma mistura de luxo, sofisticação, modernidade e exclusividade. O amarelo de Elizabeth II foi repetido, talvez não pela mesma designer, por uma convidada. O que gostei foi da saída do casal num Aston Martin conversível dirigido pelo William. Mas, a Kate apesar de ser bonita, não tem uma beleza marcante e o vestido estava simples demais para um casamento real. Também pudera, com aquela Camila Parker Bowles não tem casamento que fique perfeito, não gosto dela.

Nenhum comentário: