domingo, 31 de julho de 2011

Moda – A Primeira Experiência de Ver Givenchy por ALEXANDER McQUEEN | Givenchy primavera-verão 1999 - (2/2)

O talento e a excelência técnica de Alexander McQueen para a Givenchy conseguiram numa sintonia moderna o que Yves Saint Laurent também fez: o sexy elegante 'atemporal'. Comparar pode não ser uma boa, mas nesse caso é uma ‘ótima’. Os anos trabalhando com alfaiataria em Londres fizeram de McQueen um dos melhores na área da moda moderna. Vejam a leveza, suavidade dos tecidos, que não são justos, com movimento e equilíbrio nos ombros, para dizer o mínimo. Couro – que sou contra, apesar do desenho da roupa –, cetim de seda, crepes quase transparentes, os pretos sólidos ou com lantejoulas, beges, cinzas, com leveza e precisão adequadas.
Gosto particularmente de seu estilo basicamente clássico, que compõe tão bem, em proporções modernas, tecidos e bordados, o look de uma mulher muito chique e elegante, sem nenhuma mistura exagerada de cores ou maquiagens pesadas. Um elogio à moda de McQueen é que ele fez roupas estando atento às mulheres mais elegantes do mundo, portanto, mesmo alguns vestidos mais sexys, com costas nuas, por exemplo, seduzem mulheres de todas as gerações, possibilitando o consumo pela arte criativa, não para uso, mas para manter no closet, pelo visual, pelo toque e criatividade. Alexander McQueen soma à sua criatividade uma sintonia de alta costura, de aura de Paris, tornando a mulher chique em qualquer lugar do mundo. Os luxuosos maiôs, pretos, bordados com lantejoulas, sendo o primeiro desfilado por Gisele Bündchen, têm formas talvez previsíveis, mas um resultado sexy, bonito e que, além de manter a mulher fashion, agrada a opinião masculina. O conjunto de calça, azul e branco, bordado com pérolas, tem um balançado na calça que é um luxo. Depois os dois vestidos curtos bordados com cristais que fecham o desfile, o azul com um bonito decote nas costas, valorizando o rebolado natural da mulher e o vestido preto, mais justo, somado à atitude da manequim Esther Cañadas que, fazendo charme, dá uma parada, vira-se para os fotógrafos e segue num rebolado moderno com passos largos nesse desfile que é de abafar. Em meio às roupas para mulheres internacionais, McQueen agradece usando jeans, enquanto os aplausos embalam a sala de desfile.

Veja a primeira parte do desfile clicando AQUI>>

Nenhum comentário: