domingo, 21 de dezembro de 2014

David Beckham Into the Unknown




Jamill Barbosa Ferreira - @JAMILLISSIMO - Na madrugada de hoje eu assisti ao documentário "David Beckham Into the Unknown", pela Netflix. Estou afastado das redes sociais, é uma chatice você abrir sua página no FaceBook e se deparar com a mesma receita exibicionista adotada pela maioria: postam fotos e comentários sobre tudo que elas filtram ser "interessante" e regam tudo com ar de boa vida, muitos gastos, etc. E mesmo que você consiga enxergar muito vazio nisso, as mesmas postagens se repetem, e novamente... É fácil ver alguém numa varanda da Atlântica; mas, foto na Avenida Suburbana ninguém posta. De algum modo, há muito artificialismo e um grande esforço por aceitação. Mas, cada um posta o que quer no seu perfil da rede social, nada contra as pessoas, eu não entendo o motivo desse ser o único caminho que a maioria percorre. Quando não é isso, são as terríveis fotografias mostrando casos de maus tratos e crueldades contra os animais - e quem é meu amigo, conhece a minha luta para frear essas brutalidades. Eu não como carnes! Eu não compro nada feito de couro, ou penas, etc.! Sou muito radical comigo mesmo, com relação a colaborar com isso, mas, não pego no pé de ninguém. Acredito que a evolução da humanidade está muito mais ligada com a maneira como lidamos com a natureza e tudo que Deus Fez, do que simplesmente esperarmos que a ciência indique o caminho das coisas. Obviamente, mantemos nossa jovialidade e boas roupas a bons e muitos custos, mas, cair na real, além do que é aparente e supérfluo, enxergar e valorizar os amigos, assim como descartar quem não o é, tem grande valor. Por isso, eu finalmente quis ver esse documentário do ex-jogador de futebol David Beckham, que é tão marcado com rótulos artificiais e mundanos que não levam a nada, o que aumenta a curiosidade sobre como será... Eu estranhei que ele e os amigos quisessem percorrer alguns caminhos pela floresta Amazônica em motos. Mais estranho ainda foi quando eles, já num barco no Rio Negro, tendo deixado as motos para trás - ou quase -, decidem resgatá-las e encaram mais desafios dentro da floresta. O encontro com os Yanomami foi, sem dúvida, algo especial na vida deles, especialmente do David, que é tão cercado por pessoas que forçam a barra por uma amizade em troca de algo, como uma fotografia que será objeto de ostentação na rede social ou preocupações tão bobas, quanto a da mulher dele, Victoria Beckham, que em meio às possibilidades de perigo na floresta, pensava apenas em como ficaria o cabelo do marido num país de clima úmido... Quem não viu, deveria ver.

Nenhum comentário: